Investimentos no Tesouro Direto superam resgates em quase R$ 659 mi em outubro

Tesouro Selic é o título mais buscado pelos 2,42 milhões de investidores do programa; total de investidores ativos alcançou a marca de 2.427.088 pessoas

Leonardo Guimarães

(Getty Images)

Publicidade

Os investimentos no Tesouro Direto em outubro somaram R$ 3,33 bilhões. No mês, houve emissão líquida (diferença entre investimentos e resgates) de R$ 659,6 milhões, com um valor médio de R$ 5.708,87 por operação.

O resultado ficou abaixo da emissão líquida de R$ 758,7 milhões em setembro. No mês passado, foram realizadas 582.581 operações de investimento. As aplicações de até R$ 1 mil representaram 63,1% do total de investimentos.

O título mais comprado foi o Tesouro Selic, responsável por R$ 2,09 bilhões em vendas (62,8% do total). Os títulos atrelados à inflação (Tesouro IPCA+, Tesouro RendA+ e Tesouro Educa+) foram responsáveis por 26,1% das vendas, com total de R$ 866,8 milhões, enquanto os prefixados totalizaram R$ 370 milhões (11,1% do total).

Continua depois da publicidade

Quanto ao prazo, a maioria (49,7%) das vendas se concentrou em títulos com vencimento entre cinco e dez anos. As aplicações em títulos de um a cinco anos corresponderam a 32,4% do total, enquanto os investimentos em papéis com vencimento acima de dez anos representaram 17,9% do total.

No mês, o total de investidores ativos no Tesouro Direto, isto é, aqueles que atualmente estão com saldo em aplicações no programa, atingiu a marca de 2.427.088 pessoas, um aumento de 23.598 investidores no mês.

Planilha Gratuita

O seu bolso vai agradecer

Organize a sua vida financeira com a planilha de gastos do InfoMoney; download liberado

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.